Fechar

Arraiá da Feliz idade é realizado nesta quinta-feira (11)


Uma das festas juninas mais tradicionais do município, o Arraiá do projeto Feliz Idade animou os assistidos nesta quinta-feira (11). O evento, realizado na sede da associação da cavalhada, teve início às 13h e contou com a animação do cantor sertanejo Jhony Silva .

E, como toda festa caipira, além de quadrilha, comidas e bebidas típicas das festas de São João, houve o tradicional forró. “Nossa ideia é utilizar a dança, para contribuir com bem estar, entretenimento e diversão aos nossos idosos e público presente”, contou a coordenadora do projeto Feliz Idade, Marciley Tomaz.


  • 10 de junho de 2019


Conheça já

Câmera Ip Wifi.
Grave vídeo e áudio nas nuvens com o sistema de monitoramento Wifi

Saiba mais

Fechar

Mateus Leme ganha de Juatuba em número de casamentos e nascimentos


O ano começou há pouco mais de um mês e em Mateus Leme já foram registrados 49 nascimentos, enquanto Juatuba somou 28 registros. Um passeio pelo Portal da Transparência do Registro Civil mostra dados interessantes sobre a população dos municípios. Ano passado, Mateus Leme contabilizou 393 nascimentos e Juatuba 127, e, em comparação com 2018, os nascimentos registrados em Juatuba diminuíram mais de 78%, quando 586 crianças foram registradas na cidade. Já em Mateus Leme, os nascimentos diminuíram cerca de 53%, pois em 2018, 835 nascimentos foram registrados no município.
Os nomes mais populares em Juatuba, por ordem de preferência foram: Maria Cecilia, João Miguel, Sophia e Lucas Eduardo. Em Mateus Leme, o nome Maria Cecília também lidera a lista, seguido de Miguel Henrique, Maria Fernanda e João Lucas.
Casamentos
Apesar das pesquisas indicarem um recorde em divórcios no país, o número de casamentos só aumenta em Mateus Leme, enquanto em Juatuba houve uma pequena queda em 2019. Neste ano, a cidade de Santo Antônio, o santo casamenteiro, já registrou 18 casamentos, enquanto a vizinha Juatuba segue com a metade, apenas nove uniões registradas.
Mesmo que o número de casamentos esteja em queda pelo quarto ano consecutivo, Juatuba registrou, no último ano, 148 uniões, 6,3% a menos que em 2018. Com isso, a cidade reflete o cenário do país, em que o brasileiro está se casando menos, se divorciando mais e decidindo ter menos filhos, de acordo com as Estatísticas de Registro Civil 2018, publicadas pelo IBGE.
Já Mateus Leme apresenta um cenário diferente. Em 2019, houve 264 registros de casamento, um aumento de 23,3% em relação a 2018, ano em que 214 pessoas se uniram.


  • 11 de Fevereiro, 2020



Conheça já

Internet via satélite, a internet que chega onde nenhuma a outra chega

Não perca essa chance

Saiba mais
Fechar

Empresas poderão ficar até 3 meses sem pagar FGTS e Simples Nacional


Medidas do Governo Federal tenta reduzir impactos do coronavírus
Nessa semana, o Governo Federal apresentou um conjunto de medidas emergenciais para tentar reduzir os impactos provocados pela pandemia do coronavírus. Parte delas visa proporcionar mais prazo para empresários efetuarem o pagamento de impostos, isso pode “aliviar” os empreendedores nesta temporada.
Entre as ações está o adiamento do pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço-FGTS por três meses, o que gera um impacto de R$ 30 bilhões para os cofres públicos, uma vez que os trabalhadores continuarão tendo os valores depositados no Fundo. Também por três meses, a União deixará de recolher os impostos do Simples Nacional. O impacto previsto é de R$ 22, 2 bilhões, de acordo com a pasta, o valor que não for recolhido nesse período será diluído nos meses seguintes, até o fim do ano. O governo ainda prometeu R$ 5 bilhões de crédito do Proger/FAT para micro e pequenas empresas.
O contador Leonardo Prado, explica que a medida do Governo Federal, tem em vista prevenir o aumento no desemprego. “É um pacote de medidas voltado principalmente para micro e pequenas empresas, por ser o ramo que mais emprega no país. A preocupação do governo era que ao cobrar os impostos nas datas vigentes, essas empresas não teriam dinheiro em caixa e consequentemente, demitiriam funcionários. Então, é uma tentativa de segurar os empregos, permitindo que as entidades paguem parceladamente esses valores até o final do ano”.


  • 23 de março de 2020



Conheça já

Energia solar, produza sua própria energia de forma limpa, sustentável e econômica. Diga adeus as contas de luz

Saiba mais
Fechar

Copasa isenta tarifa de imóveis de Juatuba e Mateus Leme atingidos pelas chuvas


A Copasa anunciou que isentará os imóveis atingidos pelas chuvas das últimas semanas. As condições de isenção de pagamento das contas de água e esgoto variam de acordo com a situação de cada edificação e é destinada a imóveis residenciais, comerciais e prestadores de serviços essenciais.
Para os imóveis que desabaram ou foram condenados haverá isenção da conta com referência 02/2020, com vencimento a partir de 11 de fevereiro. E, nesses casos, a Copasa fará o corte do abastecimento e o cliente não precisará se preocupar com novas faturas. Os imóveis condenados e que passarem por obras, poderão solicitar a religação sem custo.
Os imóveis interditados temporariamente, pertencentes à categoria Tarifa Social, também terão isenção da conta com vencimento neste mês. Haverá ainda isenção das três contas após a religação, desde que ela aconteça em até 180 dias após o corte de abastecimento.
Já para os imóveis interditados temporariamente, não pertencentes à categoria Tarifa Social, eles terão isenção da conta deste mês e da primeira fatura após a religação da água, desde que esta aconteça em até 90 dias após o corte de abastecimento.
Para os imóveis que sofreram inundação, havendo dano ou perda de bens móveis, pertencentes à categoria Tarifa Social, a isenção será para este e os três meses subsequentes. Para os não pertencentes à categoria Tarifa Social, a isenção será para este e o mês de março.
Segundo a Copasa não é necessário que os clientes se descoquem até a agência, uma vez que uma equipe da empresa está fazendo a avaliação e a listagem dos imóveis afetados.
  • 10 de fevereiro de 2020



Conheça já

Energia solar, produza sua própria energia de forma limpa, sustentável e econômica. Diga adeus as contas de luz

Saiba mais
Fechar

Usiminas abre mais de 100 vagas de trabalho


A unidade de Itatiaiuçu da Mineração Usiminas (Musa) anunciou a abertura de mais de 100 vagas, para contratações em junho e julho. Há oportunidades para os níveis fundamental, médio e técnico, nas áreas de manutenção industrial e de equipamentos, operação de mina e beneficiamento mineral, inclusive, para pessoas com deficiências.
Para participar do processo seletivo, os interessados em fazer parte do time da Mineração Usiminas precisam enviar o currículo para o endereço eletrônico selecao.mineracao@usiminas.com ou entregá-lo na Consult. A consultoria de recrutamento, parceira da Mineração Usiminas, tem escritório em Itaúna (Avenida Miguel Augusto Gonçalves, 1.530, Graças) e em Divinópolis (Avenida 1º de Junho, 200, Sala 703, Centro).
Os candidatos devem, preferencialmente, ter experiência nos cargos pretendidos. A Musa oferece remuneração compatível com o mercado, além de transporte fretado, alimentação na empresa, plano de saúde e odontológico, entre outros benefícios. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (37) 3242-1797.
  • 10 de dezembro de 2018



Conheça já

Internet via satélite, a internet que chega onde nenhuma a outra chega

Não perca essa chance

Saiba mais
Fechar

Quase 3 mil pessoas estão inadimplentes em Juatuba e Mateus Leme

Seis em cada dez famílias brasileiras começaram 2020 endividadas, aponta CNC
Organizar a vida financeira está no topo da lista de desejos para o ano novo de muitos brasileiros. De acordo com a CDL de Juatuba e a Associação Comercial Industrial Agropecuária e Prestação de Serviços de Mateus Leme (ACIAPS), planejamento e disciplina é o segredo para quem espera terminar 2020 no azul.
Uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC) aponta que 60% das famílias no Brasil estão endividadas. De acordo com o levantamento, 30% dos brasileiros estão inadimplentes. De acordo com a CDL Juatuba os registros de débitos dos associados costa mais de 900 inadimplentes nesse início de ano. Entretanto, esses números não constam os registrados de débitos de lojas de outras cidades, sendo assim, o número de inadimplentes pode chegar a milhares.
Já em Mateus Leme, segundo a ACIAPS, 2.183 pessoas começaram o ano com o nome no SPC, e o total de dívidas dos inadimplentes é de mais de R$ 1 milhão.
Segundo o diretor comercial da CDL, Pedro Henrique Nunes, não realizar um planejamento financeiro é um dos grandes responsáveis pelo alto índice de inadimplência. “A dificuldade de controlar o orçamento faz com que as pessoas acumulem dívidas cada vez maiores”, relata.
Pedro afirma que liquidar as dívidas é difícil, mas não impossível. “Com apenas algumas medidas práticas é possível reverter essa situação e gerenciar o seu orçamento com sabedoria”.
Planejamento financeiro
Para encerrar o ciclo de endividamento, é preciso aprender a equacionar melhor os gastos partindo do orçamento mensal e os valores das dívidas. Nunca gastando mais do que se recebe.
“Elabore um planejamento financeiro e trace prioridades de pagamentos. Faça uma lista ou tabelas para inserir todos os compromissos financeiros e ter uma visualização mais ampla de como poderá lidar com seus custos mensais, definido uma estratégia para quitação das dívidas antigas. Liquidando primeiro os débitos que possuem juros maiores”, explica o diretor comercial.
A CDL garante que renegociar dívidas é uma das melhores formas para conquistar a tão sonhada saúde financeira. A renegociação pode ser feita diretamente com o credor, seja em feirões para limpar o nome ou através do intermédio da CDL Juatuba. “Dispomos de um setor jurídico que trabalha tanto na recuperação de crédito dos nossos associados quanto ajudando estes inadimplentes para que possam estar regularizando seus débitos”, informa Pedro.
  • 28 de janeiro de 2020


Conheça já

Câmera Ip Wifi.
Grave vídeo e áudio nas nuvens com o sistema de monitoramento Wifi

Saiba mais

Fechar

Educação se prepara para implementar o Currículo Referência de Minas Gerais

A Educação dos municípios mineiros está mudando com a implementação do currículo referência de Minas, a partir da Base Nacional Curricular e que resultou na revisão dos currículos de todas as redes educacionais. O alto desempenho de Mateus Leme que obteve média 4,9 no Índice de Oportunidades da Educação Brasileira, resultado maior que a média Estadual, que ficou com 4,6 e a Nacional que atingiu 4,7 é o novo desafio do município.
Segundo a assessora da Secretaria Municipal de Educação de Mateus Leme, pedagoga Mary Perpétua Nunes, durante o último ano foram realizados vários encontros com os pedagogos das escolas, além de estudos e discussões com os professores. “Sugestões de vídeos, músicas, experimentos, pesquisas, entrevistas, mini seminários, debates, produções de textos, as diferentes possibilidades de leitura foram repassadas e discutidas para serem trabalhados com alunos”, explica.
E a expectativa para a implementação do Currículo Referência de Minas Gerais é grande no município e a pedagoga salienta que percebe a chance de um trabalho com grandes possibilidades na linguagem oral e também escrita. “O educador que realmente se envolver poderá despertar o desejo e o interesse do aluno para a leitura, escrita, conhecimentos gerais e a comunicação, além de entender o processo do raciocínio matemático”, relata Mary.
Entre os pontos positivos para a assessora está o preparo do aluno para uma roda de conversa e com uma escrita e ortografia mais correta. Mas, entre as negativas, estão as habilidades que necessitam de tecnologias que as escolas ainda não podem oferecer, como computadores e internet.
Juatuba
Juatuba tem um dos maiores índices da educação do Estado. No ano passado, o IOEB do município chegou a 5,5, um aumento de quase 6% em comparação ao índice anterior, de 2017.
A reportagem do JORNAL DE JUATUBA E MATEUS LEME procurou a Prefeitura e perguntou sobre os preparativos para a implantação do Currículo Referência de Minas Gerais no município, entretanto até o fechamento desta edição não houve resposta.

  • 20 de janeiro de 2020

Conheça já

Internet via satélite, a internet que chega onde nenhuma a outra chega

Não perca essa chance

Saiba mais
Fechar

Projeto esportivo social transforma a vida de centenas de crianças e jovens

Além de dar à população oportunidade para expor as demandas de cada região, o S’PASSO BAIRRO A BAIRRO é uma seção que também temo como objetivo mostrar as boas ações executadas em cada localidade e atitudes que contribuem para uma sociedade melhor. Esta semana, a reportagem esteve com o instrutor de futebol Marcos Antônio Ferreira, que desenvolve um trabalho esportivo no Cidade Nova e Garcias, atendendo toda a região, que abrange também o Aeroporto, ao lado do instrutor Manoel Lúcio Barbosa. Os projetos veem gerando grandes mudanças na vida de centenas de crianças e adolescentes.
Marcos, que é educador físico há mais de 20 anos, assumiu a escolinha de futsal mantida pela Prefeitura no Cidade Nova há sete anos. E conquistou o apoio de toda a comunidade ao repassar aos meninos os valores da união, estimulando-os a serem bons dentro e fora de quadra. A iniciativa começou a ganhar visibilidade, sendo reconhecida em Itaúna e várias cidades no entorno, como um exemplo a ser seguido.
“Quando eu cheguei lá, a escolinha, em termos de disciplina e material ,era totalmente desestruturada. Gosto de primeiro estruturar, buscar uniformes de treino para os garotos, a partir de patrocínios do comércio local. No Cidade Nova, nós somos muito bem equipados. Temos camisa de treinamento, uniforme de jogo, até blusas de goleiros conseguimos. Eu fui muito bem aceito e faço acompanhamento escolar dos alunos, vou à instituição de ensino olhar as notas deles. Isso aí eu não abro mão”, conta Marcos.
O instrutor diz que as empresas sempre apoiam a escolinha de futsal quando conhecem o projeto a fundo.“Eu procuro o pessoal, mostro como funciona, falo dos planejamentos. Isso é muito importante para conseguir patrocínio. Sempre encontroas portas abertas, em todos os bairros em que eu trabalhei. Nós temos vários patrocinadores que confiam no nosso trabalho, o que é essencial”, afirma.
Atualmente, as escolinhas de futsal e futebol do Cidade Nova e Garcias, respectivamente, atendem mais de 400 meninos, na faixa etária entre cinco e 17 anos. “Eu acredito que já treinamos mais de três mil garotos. Há uns quatro anos, eu passei a contar com o professor Manoel, o que engrandeceu demais o trabalho. Ele tem contribuído muito em tudo, com disposição para fazer o melhor pelos alunos.Cada escolinha tem cerca de 200 participantes, só na do Cidade Nova são 220, então era necessário ter mais um instrutor”, explicou.
Desempenho escolar
Marcos Antônio Ferreira destaca os benefícios garantidos às crianças devido à parceria com a escola em que os jovens atletas estudam.
“O nosso trabalho na escolinha visa muito o resultado e o comportamento nas aulas curriculares e dentro de quadra. Lutamos para sermos campeões, entramos em todos os campeonatos, do Tropical, Iate, Ceplt, da Secretaria, e, além do resultado social, conquistamos vários títulos. Mas, para jogar, eles precisam estar bem na escola. Semana passada, por exemplo, na categoria Sub-7, nós iríamos convocar um menino, porém, fui informado de que não estava fazendo os deveres. Conversei com a professora e depois com ele, que afastei da partida. A mãe me procurou, falando que deu certo demais, que o garoto prometeu cumprir as obrigações para participar das próximas disputas.Eu fico muito feliz, porque eu me preocupo com a educação. Relacionar o futsal com os resultados em sala está dando certo também para a escola. A diretora sempre fala comigo sobre isso”, relatou.
Marcos comentou sobre os desafios de manter crianças e adolescentes ligados no esporte, que garante mais qualidade de vida, disciplina e interação social, em meio a tanta tecnologia.
“Hoje, com o acesso amplo aos games, celular, TV a cabo, poucos meninos estão comprometidos com as atividades esportivas. Nós temos essa dificuldade e eu acho que envolve mais os pais das crianças, principalmente os que estão na faixa etária entre cinco e dez anos. Muitas vezes, incentivam a ficar na frente da televisão para não ter que levá-lo aos treinos”, comentou.
Ações pela comunidade
Além de se dedicarem aos treinos, os atletas da escolinha de futsal do Cidade Nova e da escolinha de futebol do Garcias sempre estão engajados em alguma campanha social, promovida pelos instrutores Marcos e Manoel.
“Nosso intuito principal é o trabalho social com as crianças. Eu sou um treinador que friso muito isso aí. Sempre falo com os pais.Nós temos quatro tipos de projetos que passamos para os meninos. Já fizemos, por exemplo, doação de brinquedos e de leite. Quando o aluno é carente, realizamos um trabalho para ajudá-lo, corremos atrás.Contamos com empresas que nos auxiliam também nesses casos.Essas iniciativas ajudam bastante e também promovem a conscientização sobre a solidariedade, desperta e estimula esse sentimento. Nós fizemos um trabalho em relação à Dengue,até a imprensa de Divinópolis veio fazer entrevista com os garotos”, disse.
O profissional comentou ainda acerca das orientações que sempre são repassadas aos atletas. “Em todo treinamento, eu e o professor Manoel conversamos com os meninos pelo menos 20 minutos, instruímos sobre o que eles não devem fazer na rua e em casa”.
Participação da família
Um dos fatores que certamente contribuiu para que a comunidade abraçasse as escolinhas foi o acolhimento à família e o incentivo à participação no dia a dia dos alunos.
“Procuramos promover muito essa questão. No ano passado, arrumamos um ônibus,na Semana da Criança, fizemos um especial para o Parque Municipal, em Belo Horizonte. O menino só poderia ir com os pais. Muito interessante, eu vi filho, mãe e pai se divertindo no Parque Municipal, andaram na roda gigante, carrinho bate-bate… A escolinha é uma família e a família dos garotos precisa caminhar junto. Eu também levei os meus para a escolinha. O meu filho, o Gabriel, é goleiro, categoria 2004, e tenho o Rafael, que ajuda demais na parte de marketing. Os desenhos dos uniformes, todos foram feitos por ele e estão sendo muito elogiados pelos patrocinadores e pelos pais. O Rafael também toma conta da rede social, mantendo todo mundo informado. Ele ajuda demais e tudo isso é como voluntário”, relatou Marcos.
O treinador lembrou que de dois em dois meses são realizadas reuniões com os pais, nas quais é explicado o processo do treinamento. Além disso, em todo final de ano, há uma festa de confraternização, que conta também com a presença dos familiares.
Time das mães
Este ano, a escolinha do Cidade Nova ganhou uma nova categoria. O instrutor Marcos fundou o time com as mães dos garotos. Mesmo com pouco tempo de formação, a equipe já entrou para disputar o Circuito Itaunense de Futsal e chegou à fase semifinal.
“Tem cinco meses que nós estamos treinando essa equipe feminina, na terça e na quinta, e estamos na semifinal do campeonato. Foi uma grande surpresa, pelo pouco tempo de preparação.Elas vinham pedindo, porque eu já tenho a equipe do Flamengo, com futsal e futebol de campo. Como no Flamengo tem muitas mulheres, que são mães e treinam, eu pensei em montar também no Cidade Nova. Isso é muito bacana porque elas podem sentir o que os filhos sentem ao entrar dentro de quadra num campeonato. Os meninos vão aos jogos, torcem, é uma coisa muito boa, é um intercâmbio e está dando certo”, comemorou.
Exemplo de cidadania
Marcos é morador do Cidade Nova há 15 anos e membro da Associação Comunitária há oito. Na escolinha de futsal do bairro, ele atua como funcionário da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. No entanto, ainda mantém um trabalho voluntário no São Geraldo.
“A escolinha lá foi fundada no dia 25 de abril de 2001 e eu atuo até hoje, faça chuva ou faça sol. Nós estamos com mais de 120 crianças, são meninos da região.Quanto mais levarmos as crianças para o esporte, menos violência nós teremos e menos pessoas seguirão por caminhos errados. Os menores precisam se envolver com as atividades desportivas, independente do tipo de modalidade”, salientou.
Sobre o trabalho como liderança de bairro, ele destacou o trabalho em conjunto para tornar o lugar cada dia melhor. “Todo mês nós temos reuniões. Eu já sou membro há oito anos e nossa chapa foi reeleita. Nós reestruturamos totalmente o Centro Comunitário, pintamos, colocamos piso na frente… Quando assumimos, o espaço estava abandonado e hoje pode sediar qualquer tipo de evento. A população aqui é muito unida”, concluiu.
  • 9 de novenmbro de 2019

Conheça já

Internet via satélite, a internet que chega onde nenhuma a outra chega

Não perca essa chance

Saiba mais
Fechar

Explicação de dados
Dados nacionais: 1.Fonte de dados: Ministério da Saúde, Secretarias estaduais da Saúde e relatórios da mídia local como Globo
2. Os dados são atualizados diariamente às 7:00 da manhã UTC -
3. Dados do mundo: 1. Fontes de dados: OMS, Ministério da Saúde, e relatórios da mídia local
2. Princípios de coleta de dados: a. Os dados de casos recuperados são provenientes de fontes oficiais de mídia, incluindo BBC, CNN e outras. Os dados são atualizados diariamente. b. Novos = a alteração desde 12:00 UTC+8. É atualizado dinamicamente c. Territórios / áreas geográficas incluídos no mapa são os mesmos que os da OMS Os dados mostrados na Curva Epidêmica são coletados diariamente pela OMS. As autoridades nacionais fornecem a OMS às 10h CET. Casos ativos = total de confirmado - total de recuperado - total de mortes Essas estatísticas globais são atualizadas regularmente por dia.

28/03/2020 7:00 AM









Leia abaixo sobre:
Dados do coronavírus


Fontes


COVID-19 no Brasil




COVID-19 no Mundo






COVID-19 no Brasil



Por
Região
Casos Confirmados


COVID-19 no Mundo




Casos
Ativos
Novos Confirmados


Gráficos